10 de out de 2018

Alexandre Júnior, de equipe nova, leva a primeira etapa na estréia do Porsche ClubStage Cup

Em corrida sem muitas emoções, Juninho, agora pela G-Tuned, vence fácil em Brands Hatch.


Salve galera, com o encerramento do Blancpain, parados que não íamos ficar, então, bora pra primeira cobertura do Porsche ClubStage Cup, novo campeonato da casa a bordo do Cayman GT4.


 Pela primeira vez no GT Sport, Brands Hatch entrou no calendário de um evento oficial da GTStage, pista sinuosa e complicada cheia de desníveis e curvas traiçoeiras, foi o palco da estréia do campeonato.

Sucesso repentino, o novo evento lotou as inscrições pouco antes do início da primeira etapa, surpreendendo a organização, que temia baixo interesse da galera.
Dessa vez com QUATRO pilotos estreantes: Jonathan Castilhos, Mayone Alves, Luciano Massafeli e Marco Frietzen (este último já havia participado na endurace de EVO e WRX Gr.3 em Nords).


Infelizmente não tivemos casa cheia por um infeliz problema de energia em Pelotas, que ceifou qualquer possibilidade de Wagner Maurente e um de nossos administradores, Jordy Vaniel, correrem, que azar faltar luz logo na cidade que temos dois pilotos.. a outra ausência ficou na conta de Nick José Nagano, por motivos de descubra.

Caymans na pista pro qualify, que se iniciou ás ~20:10, não demorou muito pra sabermos o já sabido, Juninho ficou com a pole com o excelente tempo de 1:25.241, o único a virar nessa casa, e quase 1 segundo abaixo de Fernando Xavier, um dos novos ases da GTStage, que virou 26.231, aliás, que qualify acirrado, 7 pilotos viraram 1:26, com diferenças de até 9 milésimos! O resultado detalhado do qualify você encontra nos links lá no rodapé do post!



Dada a largada, Juninho com seu desempenho ligeiramente melhor, foi se distanciando do restante do pessoal, o jovem de Guarulhos parece ter brincado de time trial e correu 'sozinho' lá na frente, diiizem por aí que a equipe nova o motivou ainda mais, o piloto parece ter gostado bastante do padrão visual da G-Tuned, que acatou sem problemas o pedido de correr com vermelho em sua cor secundária.

Julio Molchan e Fernando Xavier se aliaram formando a Black Falcon Prodrive, livery ''inspirada'' na equipe real que compete no VLN, ambos seguem com excelente desempenho, 2nd e 3rd pra dupla, que mostrou novamente que consistência e ritmo trazem bons resultados, embora Julio tenha relatado sorte e achado seu pace ruim, fiquemos de olho no goianiense, campeão do Blancpain e vice juntos? Tenham medo.



Jonathan Castilhos é um dos destaques da corrida, fazendo uma excelente estréia na GTStage, chegou em cima da hora no qualify, mas mostrou muita competência e velocidade na corrida, virando inclusive mais baixo que a dupla da Black Falcon, chegou próximo, mas o piloto da UpShift, e parceiro de Marco Frietzen ficou com o 4th, um ótimo resultado pra quem largou em 11th.


Por falar em UpShift e Marco, eis o 5th colocado, disputou boa parte inicial da corrida com Geovanne Ferreira, em ritmos parecidos, porém se manteve mais rápido ao decorrer da prova e só abriu distância do bragantino, que não teve chance do meio da corrida em diante.

 O #89, líder da G-Tuned, organizador do campeonato e ao lado agora de Juninho no time, esperava uma boa corrida mesmo não virando tempos tão expressivos, largou bem e se manteve brigando por um 4th no início, mas seus erros e pace inferior renderam ao piloto um 6th, duas posições acima do qualify.



Outro estreante na casa, Mayone, formando equipe com Wagner, a Speed BR, foi outro que mostrou que vem pra dar trabalho, o piloto teve um bom desempenho com voltas rápidas, mas infelizmente mais erros que Geovanne, o que bastou para não conseguir posição melhor ao final, 7th pra ele.



Diego Gerpe surpreendeu no qualify, com uma ótima quinta colocação, mas o jovem carioca alegou problemas na corrida com a câmera, o que, diz ele, comprometeu sua prova, torçamos pra que ele faça uma segunda corrida melhor e pare de falar que ''o Gran Turixmo é uma mierda''.



Pedro Petry e Gian Carvalho foram os conformados da etapa, Pedro que já notava o alto nível da concorrência, além de destreinado, não se mostrou muito confiante, pensando que não pontuaria, mas largou bem ganhando 3 posições e por ali ficou, em 9th. Gian era o mais lento dos 13 pilotos que alinharam no grid, mas se manteve até o final e mostrou fair play (as vezes até demais), cedendo facilmente passagem pros líderes e quem mais o ultrapassou como retardatário na corrida, Gian ficou com a décima colocação.




Tivemos, infelizmente 3 desistências na prova, Anderson foi o primeiro, seguido por Thiago Prado, este último que agora corre de G29, não estava satisfeito com seu desempenho e erros e acabou abandonando na mesma volta que Anderson (8), a outra baixa foi do estreante Luciano, mais tarde, na volta 21, ele e Anderson não se manifestaram após a desistência.



De forma mais resumida, essa é a matéria do round 1 pessoal, a próxima etapa será em Red Bull Ring, outra estreante no GTSport, no próximo sábado, 13 de outubro.
Nos vemos lá!


INTERVIEW!

1st - Alexandre Júnior [G-Tuned], #75 G-Tuned Cayman GT4:
"Larguei patinando bagarai, porém tinha a vantagem da primeira curva, daí de cara com o vento consegui andar rápido e administrar a vitória. Parabéns a galera pela corrida limpa, show de bola. Bora pro Ring!"

3rd - Julio Molchan [Black Falcon Prodrive Motorsports], #23 Black Falcon Prodrive Cayman:
"Tive um pace bastante ruim nessa corrida, com sorte consegui segurar a terceira posição. Pelo visto, será um campeonato bastante disputado, muita gente boa e com espírito de corrida. Ansioso para a próxima."


7th - Pedro Petry [Pevan Engineering Society], #88 Budweiser Axalta Cayman GT4:
"Logo na largada consegui pular de 12º para 9º e me mantive nessa posição até o fim da corrida, no mais uma corrida muito boa pra quem acho que não iria pontuar."

1 de out de 2018

Final do Blancpain GTStage Series: vitória da Corvette, com Aston Martin campeã por apenas UM ponto e diferença de milésimos em Nurburgring!


Salve a todos! Estamos de volta com os reports da GTStage! Mais um campeonato encerrou suas atividades. O Blancpain GTStage Series acabou, mas nós temos muito o que contar sobre a última etapa no dia 22 de setembro (que aconteceu no lendário circuito GP de Nurburgring, na Alemanha). O vencedor acabou sendo Alexandre Junior (#75 Corvette Michelin GTE), porém, o brilho foi para o menino Julio Molchan (#23 Prodrive AMR Vantage V12), que levou o título e a competição a outro patamar!

Com o evento acontecendo devidamente dentro do cronograma, os pilotos alinharam seus carros para o qualifying pouco depois das 20h10 do horário brasileiro (que daqui a algumas semanas, entrará no infame horário de verão proposto pelo ridículo governo brasileiro a fim de reduzir os gastos com energia). O qualifying começou com muita intensidade entre os pilotos Alexandre "Juninho", Fernando Xavier (#21 Maxwell GT-R GT3) e Wagner Maurente (#57 WOODONE TOM'S RC F GT3). Julio Molchan teve um pequeno susto durante uma parte da tomada do qualifying, devido a uma quebra de emergência em seu Aston Martin, que quase lhe fez ficar de fora do grid final.



Mesmo com problemas, o goianense com "puxadas de sardinha" britânicas conseguiu desbancar Geovanne Ferreira (#89 Castrol Ralliart EVO GT) e Nick Nagano (#3 NAG-R TOYOTA FT-One TS0T1), respectivamente.

No geral, poucos pilotos qualificaram seus carros. Além dos já citados, apareceram Jordy Vaniel (#91 Porsche-RUF 911 Scarletbird), Pedro Petry (#88 BMW Petry Motorsports Z4 GT3) e Diego Gerpe (#31 RCZ Pescarolo STR Gr.3). Respectivamente, o grid final acabou sendo composto pelo Corvette, GT-R, RC F, Aston Martin, Evo, FT-One, 911 RSR, BMW Z4 e o Peugeot RC Z. Além disso, mais dois pilotos apareceram para alinhar, sem mesmo se qualificar, no caso: Matheus Figueró (#59 Crowd Hitter Mustang Gr.3) e Anderson da Silva (#44 SLS AMG AutoArena HTP Motorsport).

Foram desfalque nesta etapa: Cleverton Schvartz, Thiago Prado e Gian Carvalho.

A largada da corrida começou cheia de tensão! Julio Molchan novamente fez um trabalho digno de bem feito, e logo colocou seu Aston Martin fedendo a título no terceiro lugar (manobra toda por dentro da primeira curva!). Digamos que Alexandre "Juninho" também teve um pequeno ataque cardíaco ao ter que aturar Fernando Xavier/GT-R GT3 em sua cola. No entanto, era perceptível a diferença "braçal" e o Corvette, na primeira volta, já estava há mais de um segundo do segundo colocado.

O que aconteceu a seguir foi o melhor momento da primeira parte da corrida. Praticamente CINCO carros andaram colados por quatro voltas! Julio e Fernando praticamente eram imas, e Geovanne, no Evo GT patrocinado pela Castrol, era completamente pressionado por Wagner Maurente, do Lexus RC F. Não aguentou na quarta volta e deixou o rapaz de pelotas tirar uma casquinha da briga pelo segundo lugar. Nick Nagano, embora tenha feito um ótimo trabalho no começo, teve problemas de desgaste nos pneus e foi pego algumas vezes "dançando" na pista.



No mesmo instante, Anderson (que largou entre os últimos), já era visto brigando pela sétima colocação com o Peugeot-Pescarolo RC Z de Diego Gerpe. A Mercedes se saiu melhor e foi em busca dos "favoritos". Jordy Vaniel (Porsche-RUF) e Pedro Petry (com a BMW Z4 "leitinho", patrocinador trocado por motivos legais de zoeira), ficaram brigando entre si pela nona posição, já que Matheus Figueró, infelizmente passeava na última posição com seu Mustang "Crowd Hitter".

Um caso sério de desgaste e tortura para Nick Nagano, ao perder o controle de seu Toyota FT-One no meio da curva, acabando em penúltimo (ultrapassado por todos os pilotos citados acima - com exceção de Figueró). Restou ao nipo-brasileiro uma longa corrida de recuperação... mais uma. (QUE FASE!!!)


O Corvette não teve trabalhos desde então, foi seguindo durante toda a prova sem problemas sérios. Diferente da dupla que disputava o título diretamente, no caso, Julio e Fernando. A briga ficou cada vez mais intensa na segunda parte da prova - sem contar que Wagner Maurente estava cada vez mais próximo e "determinado a atrapalhar o título dos dois". O WOODONE TOM'S RC F chegou a beliscar o terceiro lugar, mas logo perdeu de volta para o Maxwell GT-R GT3, assim voltando ao quarto lugar e assistindo de camarote a maior briga decisiva de título que esse grupo já viu!

Geovanne, entretanto, na volta 7, foi alvo de um incidente que acabou envolvendo Anderson. O piloto bragantino do Mitsubishi Evo GT tentou uma ultrapassagem por dentro antes de entrar na chicane, resultando em falta de espaço para o Mercedes-Benz SLS AMG AutoArena. Foi considerada uma possibilidade de punição ao bragantino, até a organização verificar o replay mais de 103294x e verificar que Geovanne esperou por Anderson para devolver posição. Mas, o piloto da SLS AMG acabou errando sozinho - desde então, o rapaz não se pronunciou até hoje... (eita!)

Durante esses acontecimentos, Nick Nagano já ultrapassou os "pilotos do sul do fundão". Restando-lhe buscar Diego Gerpe em seu problemático Pescarolo-Peugeot RC Z. Percorridas mais da metade da prova, chegou a hora em que o japonês colou e finalmente fez a aguardada ultrapassagem na volta 16 e em busca de um de seus maiores rivais desde os tempos do Gran Turismo 5: Geovanne.

Diego não conseguiu acompanhar mais Nick Nagano após a ultrapassagem, ficando para trás e em sinal de alerta para os demais que chegavam, Jordy, Anderson e Pedro. Após as paradas (na qual todos pararam apenas uma unica vez), Wagner conseguiu o tão almejado segundo lugar na corrida, deixando Julio e Fernando "que se matem" lá atrás. Um piloto já recebia a bandeira azulada de retardatário: Matheus Figueró, dando passagem a todos os seus amigos da pista.

Anderson, após o incidente com o Evo, não conseguiu recuperar mais. Jordy e seu Porsche-RUF sofreram consequências de desgaste - o verdadeiro mal dos carros de motor central e tração traseira. Pedro também não conseguiu elevar o nível da "Leitinho BMW Z4", restando-lhe o penultimo lugar em casa. Nick Nagano, embora tenha se aproximado de vez em Geovanne, não foi dessa vez que conseguiu desbancar o bragantino. Na parte final, a única bria que prevalecia era a (intensa batalha) do Aston Martin e do NISMO.

Após incontáveis trocas de posição entre esses dois carros, o Aston Martin V12 Vantage de Julio Molchan desbancou o GT-R GT3 de Fernando Xavier no final por apenas 300 milésimos! É de cair o queixo...

Desde o SUPER GTS 1 não houve uma vitória tão apertada assim e nunca antes da história da GTStage houve uma disputa tão intensa do começo ao fim de uma prova online do nosso grupo. Esses dois andaram colados durante tooooda a disputa aqui em Nurburgring e deixaram um marco inesquecível e um belíssimo espirito de rivalidade e fairplay!

Embora Juninho tenha vencido sua segunda corrida no Blancpain GTStage Series, a estrela do dia acabou sendo Julio Molchan, ao levar pela primeira vez o título de campeão GERAL em tudo e com um carro que segundo companheiros: "não é nem aqui nem lá o favorito à títulos". Desbancou Fernando Xavier por apenas UM ponto e vai comemorar o título por muito tempo.

Aliás, é um título comemorado por ele e por todos, uma vez que o piloto foi ovacionado após sua aparição no aeroporto para desembarque...

A GTStage agradece o apoio de todos vocês, leitores e pilotos virtuais, por ter dado suporte e feedback neste campeonato (que vai pra história como um dos mais bem elaborados dos últimos anos!). AGORA É HORA DO RACHA DEPOIS DO ALMOÇO!!! OS HUMILHADOS SERÃO EXALTADOS!

INTERVIEW!

Winner - Alexandre Junior [Flatout Team], #75 Corvette C7 Michelin GTE
"Tem nem o que falar, só tem monstro no grupo!! Sobre a corrida, larguei um pouco mal e perdi a ponta, mas dividi a primeira curva com o Fernando e recuperei a pole, estava com muita confiança no C7 e sentia um grip absurdo do bichano, amo Nürb, tava muito gostoso guiar.. Parabéns ao Julio pelo campeonato e pelo piloto que é, tem nem o que dizer do Fernando, também merece os parabéns, chegou agora e já mostrou que guia muito, sem contar que é um baita piloto. Wagner mais uma vez mostrando que é monstrinho, muito constante e soube aproveitar a chance haha, parabéns galera, campeonato lindo, quero a 2° temporada já haha"

Segundo lugar - Wagner Maurente [WOODONE Blue], #57 WOODONE TOM'S RC F GT3
"Que etapa meus senhores! Comecei a corrida perdendo duas posições, mas aos poucos fui recuperando e de brinde ganhei uma vista de camarote da briga insana do Julio e do Fernando, até que houve um desencontro não intencional dos dois e Fernando se fez obrigado a esperar pelo companheiro, atitude de dar inveja. Eu aproveitei a situação e mergulhei na segunda posição pra então segurar ela até o fim da corrida, dessa vez focando pra não perder o traçado. Enfim, uma linda corrida pra encerrar um lindo campeonato! Parabéns ao parceiro Juninho (o cara voou baixo hoje) e a todos pelo excelente sportsmanship e pela excelente organização. Vida longa GT Stage! #boraumrach... quer dizer, #borapropróximo"

Quarto lugar - Fernando Xavier [Maxwell Motorsport], #21 Maxwell GT-R GT3
"Melhor corrida do campeonato sem duvidas, disputa de ponta a ponta com o Julio Molchan pelo titulo, faísca pra tudo quanto é lado e diversas trocas de posições, não poderia pedir uma corrida melhor, Wagner Maurente e Alexandre Júnior dois monstros também, uma pena que o titulo não veio mas super feliz pelo campeonato inteiro e pelas disputas limpas e acirradas, obrigado a todos pilotos e organização do campeonato, até a próxima!"

CAMPEÃO - Julio Molchan [Molchan Motorsport], #23 Prodrive AMR Vantage V12
"Cara, corrida incrível essa, insanamente disputada. Claramente o Fernando era mais rápido que eu e hora alguma abusou disso pra ultrapassagem, um dos melhores pilotos que já corri contra, peço até perdão por alguns errinhos nas disputas. Foram 50 minutos de batalha curva por curva, cada metro da pista sendo disputada. Parabéns ao Junim por outra corrida loucamente constante, ao Wagner também pelo sangue frio de esperar a hora certa e fisgar um erro nosso. Foi por pouco, bastante sorte e muito desse campeonato veio do motor do Aston, mas as disputas que tive com esse pessoal vou lembrar pra sempre. Nosso grupo é pequeno mas tem uma seleção única de pilotos, parabéns a todos!"


OFFICIAL RACE RESULT
9.22.2018
GTSTAGE TOURENWAGEN FINALEStart - 21h00 (Brazil GMT)
Nurburgring GPDuration - 50 minutes
Po.No.MachineDriverLapsTime/Diff.Best LapTYC-Type
175Corvette C7 Michelin GTEAlexandre Junior2850'38.5851'55.500MIG29
257WOODONE TOM'S RC F GT3Wagner Maurente2848.9541'56.780MIDS4
323Prodrive AMR Vantage V12Julio Molchan281'03.3491'56.983MIDS4
421Maxwell GT-R GT3Fernando Xavier281'03.6701'56.865PIDS4
589Castrol Ralliart Evo GTGeovanne Ferreira281'14.2881'57.114BGDS4
63NAG-R TOYOTA FT-One TS0T1Nick Nagano281'16.1491'57.179BGDS4
791Porsche-RUF 911 ScarletbirdJordy Vaniel281 Lap (18.430)1'57.653YHDS4
831RCZ Pescarolo STR Gr.3Diego Gerpe281 Lap (9.996)1'58.699MIDS4
944SLS AMG AutoArena HTP Motorsport Anderson da Silva281 Lap (10.974)1'59.404PIG29
1088Petry Motorsports BMW Z4 GT3Pedro Petry281 Lap (53.477)1'59.404MIDS4
1159Crowd Hitter Mustang Gr.3Matheus Figueró272 Laps2'02.781GYDS4


BLANCPAIN GTSTAGE SERIES - POINT RANKING
Po.No.TeamDriver & MachineRd.1Rd.2Rd.3Rd.4Total
123Molchan MotorsportJulio Molchan /
Prodrive AMR Vantege V12
2015171567
221Maxwell MotorsportFernando Xavier /
Maxwell GT-R GT3
1717201266
375Flatout TeamAlexandre Junior /
Corvette C7 Michelin GTE
15202055
457WOODONE BlueWagner Maurente /
WOODONE TOM'S RC F GT3
10151742
589G-TunedGeovanne Ferreira /
Castrol Ralliart Evo GT
88121038
644AutoArena HTP MotorsportAnderson da Silva /
SLS AMG AutoArena HTP Motorsport
12128234
73TOYOTA TEAM NAG-RNick Nagano /
NAG-R Toyota FT-One TS0T1
6110825
891Porsche RUF Team JordyJordy Vaniel /
Porsche-RUF 911 Scarletbird
466622
931Pescarolo Sport (Powered by STR)Diego Gerpe /
RCZ Pescarolo STR Gr.3
124411
1014T&P MotorsportThiago Prado /
Deutsche Post Petronas AMG GT3
10111
1188Petry MotorsportsPedro Petry /
Petry Motorsports BMW Z4 GT3
2417
1285Oak MotorsportGian Carvalho /
Dream Store Viper
--22
1358Felix Racing TeanAntonio Felix /
Jaguar MonsterSport F-Type Gr.3
---0
1459Figueró Racing CrewMatheus Figueró /
Crowd Hitter Mustang Gr.3
--0
152Schvartz MotorsportsCleverton Schvartz /
Toyota Supra SRZ-T1
--0



PARABÉNS MAIS UMA VEZ, JULIO MOLCHAN!

NOS VEMOS NO PORSCHE CLUBSTAGE CUP E NO SUPER GTS 3! VALEU, GALERA!!! O BLANCPAIN GTSTAGE SERIES FOI UM SUCESSO!

25 de set de 2018

O retorno do SUPER GTS!


Foi confirmado OFICIALMENTE a volta do SUPER GTS! O lendário campeonato que tem como base a Autobacs SUPER GT Series do Japão voltará com força total pelo GT Sport com 5 etapas inéditas nesta nova geração.

O campeonato que deixou a GTStage mais popular do que nunca retornará com um regulamento mais "maduro", a fim de sanar todos os problemas encontrados nas temporadas anteriores. Entretanto, a terceira temporada do SUPER GTS será uma das mais difíceis de ser campeão em toda a história da GTStage!

A expectativa para este campeonato é ver todos os pilotos, independente da ordem do grid, brigarem entre si pelo primeiro lugar - o que torna este campeonato ambicioso e um dos objetivos a ser alcançado de cada piloto representante da GTS.

É conversado, também, a possibilidade de prêmio real ao vencedor do campeonato! Pela primeira vez em uma competição nossa. Nos resta aguardar o parecer da organização!

A noticia triste, entretanto, é que a classe GT300, por motivos adaptáveis, não irá fazer parte desta terceira temporada. Mas quem sabe numa quarta ou quinta temporada! Sim, sim, sim!


Por enquanto, este foi o calendário divulgado, mas é provável que haja alteração devido a um problema de licenciamento para Tokyo Expressway - datada como o round 2 do campeonato. A possibilidade é de entrar uma prova em Red Bull Ring ou Dragon Trail.

Vai ficar de fora?

Regulamento + área de inscrições disponíveis em breve!

STAY TUNED!

DESCUBRA.

REVOLUTION.

20 de set de 2018

Blancpain GTStage Series em Suzuka é dominada pelo "Godzilla" e pontuação fica acirrada


No dia 08 de setembro de 2018 aconteceu a terceira rodada do nosso BLANCPAIN GTSTAGE SERIES no lendário Suzuka Circuit! A vitória ficou com um dos "residentes" da casa: o Nissan GT-R GT3, mais precisamente, o Maxwell Motorsport #21 de Fernando Xavier. Parabéns!

Após um fim de semana agitado no Brasil, onde ocorreu a segunda etapa do campeonato em Interlagos, as equipes despacharam seus carros rumo ao país do Sol Nascente. Uma das equipes possui estrutura toda montada no Japão, que é o caso da TOYOTA TEAM NAG-R - a única atuando patentemente fora do Brasil. Além do time nipo-brasileiro, outras equipes possuem chassis japoneses, como a G-Tuned (Evo Gr.3) e a WOODONE BLUE (Lexus RC F GT3), o que faz esta etapa ser especial para todos estes participantes, inclusive acompanhada de vitória...

Que foi o que aconteceu com a Maxwell Motorsport. Mas antes de falar da vitória em si, vamos falar como foi a tomada do qualifying! Devido ao "nerfo" original do GT Sport após uma atualização (que aconteceu pouco antes do campeonato começar em Monza), os carros agora rodam segundos acima dos tempos que eram antes vistos em corridas oficiais com carros homologados como "Gr.3". Mas nada impediu da galera fazer um ótimo tempo, e quem se deu bem, claro, foi o #21 Maxwell GT-R GT3 de Fernando Xavier - dado como um dos grandes favoritos. A vantagem é que Alexandre Junior precisou desfalcar a etapa japonesa devido a um show no Brasil do produtor e DJ americano KSHMR, fazendo "o nosso DJ" ficar por lá mesmo no país e perder a grande chance de se tornar campeão da GTStage mais uma vez.

Com Fernando Xavier classificando com o tempo de 1'59.322, Wagner Maurente (#57 WOODONE TOM'S RC F GT3) ficou muito próximo, seguido em torno dos 1'59.387. Dupla de carros japoneses para o starting grid! Em seguida, o intruso alemão da Mercedes-Benz, o AutoArena HTP Motorsport de Anderson da Silva fechou o top 3 com 1'59.968 e foi o último a abaixar da casa dos dois minutos. O restante segue por: Nick Nagano (2'00.164), Julio Molchan (2'00.242), Geovanne Ferreira (2'00.436), Thiago Prado (2'00.474), Diego Gerpe (2'01.019), Jordy Vaniel (2'01.457), Gian Carvalho (2'05.441) e... Antonio Felix, com 2'06.836.

Além do já citado Alexandre "Juninho", também não compareceram à corrida: Pedro Petry (#88 Petry Motorsports BMW Z4 GT3), Cleverton Schvartz (#2 Toyota Supra SRZ-T1) e Matheus Figueró (#59 Crowd Hitter Mustang Gr.3).

Devido a algumas intervenções que resultaram em relargada, a corrida começou um pouco mais tarde do que o previsto. No entanto, tal intervenção aparentemente fez mal para um dos pilotos do grid. A vitima da vez acabou sendo Antonio Felix, que não conseguiu sequer tirar seu #58 MonsterSport Jaguar F Type do grid, resultando em guincho imediato.

Na largada, Julio Molchan mais uma vez mostrou seu trabalho competente ao largar no "perfect mode" e já beliscar o segundo lugar a bordo do V12 AMR Vantage. Além disso, houve tensão após a primeira curva de Suzuka, com Geovanne (#89 Castrol Ralliart Evo GT) e Thiago (#14 DP Cherry Blossom AMG GT3) se estranhando logo ali, mas nada tão grave que acabasse com a corrida de alguém (embora tenha resultado em advertência). A coisa mais séria mesmo ficou durante a passagem dos "esses" do circuito, na qual o #31 Pescarolo RC Z de Diego Gerpe escapou e fez com que Wagner Maurente (#57 WOODONE TOM'S RC F GT3) e Nick Nagano (#3 TOYOTA NAG-R FT-One TS0T1) colidissem com o bólido francês. Nick Nagano foi o mais prejudicado, ficando atolado na caixa de brita e logo se encontrando na última posição... (que fase!!!)

Uma tensão foi criada no meio do pelotão. Com os benefícios, Jordy Vaniel (#91 Porsche-RUF 911 Scarletbird) conseguiu fixar um terceiro lugar, seguido pelas duas Mercedes-Benz respectivamente em quarto e quinto lugar. Geovanne, no Evo GT, despencou pra oitavo devido ao incidente na primeira curva, mas já chegou próximo do pelotão da frente em pouco menos de duas voltas. Tudo isso sobrou pra Jordy, que perdeu o terceiro e quarto lugar para as Mercedes, além do quinto lugar para Geovanne. Duro golpe para o piloto, que tanto sonha uma corrida com pódio...

Wagner, de RC F GT3, recuperado de um incidente sério na primeira volta, na volta 3 (veja bem!) já estava em quinto (!!!) lugar. Na volta seguinte, desbancou a "apelona" AutoArena HTP Motorsport SLS AMG e foi pra cima do Lancer Evolution. O GT-R e o Aston Martin estavam estáveis nas respectivas primeira e segunda colocações. Anderson (SLS AMG) foi perdendo rendimento desde que foi ultrapassado por Wagner, e foi despencando a ponto de cometer um erro que causou bandeira amarela na chicane. Houve, também, um pequeno susto enquanto o piloto voltava pra pista, e aparentemente não conseguiu evitar Thiago Prado na pista. Apesar disso, nada foi danificado.

O Porsche-RUF 911 abriu as portas do pit-stop ao ser o primeiro estrategista do grid, investindo em duas paradas durante a prova. Duas voltas depois, Julio Molchan e Nick Nagano também pararam, dando a entender que estes carros fariam duas paradas antes do fim de tudo. Com a parada no pit, Julio perdeu o segundo lugar pra Wagner Maurente, embora o piloto de Pelotas não tenha trocado os pneus... Se não fosse por um fato importante: o cara saiu de uma recuperação, ameaçando os grandalhões que estavam dominando a corrida. (Leia-se: Fernando e Julio)

A partir da volta 13, ninguém mais conseguiu mudar de posição, tudo ficou estável, e todos terminaram nestas respectivas posições. Houve constante perseguição das duas AMG, mas não foi suficiente pra Anderson desbancar o companheiro de marca... até o abandono! Thiago Prado, insatisfeito com o desempenho de seu carro, decidiu abandonar a corrida. Nick Nagano, com seu belísimo Toyota FT-One, ameaçou diversas vezes o bragantino do Lancer Evolution Mugen não pelos ataques, mas pela diferença que vinha tirando na pista. No entanto, não conseguiu desbancar seu amigo, que dividiram as curvas virtuais do Gran Turismo desde 2012, na época do GT5.

A maior tensão da parte final ficou por conta de Wagner Maurente e Julio Molchan. Com a tocada do piloto do Lexus RC F TOM'S, fez pressão "psicológica e retrabalhada" no rival de Aston Matin Vantage. Mas como ambos são ótimos pilotos, com um pace invejável, ninguém se prejudicou - e claro, Julio conseguiu salvar seu segundo lugar...

Com o GT-R GT3 vencedor em Suzuka, Fernando Xavier também venceu pela primeira vez uma corrida da GTStage, fez a sua melhor corrida do momento e agora lidera o campeonato com uma diferença de 2 pontos pra Julio Molchan. Os dois vão para Nurburgring com a faca nos dentes. Juninho, que faltou em Suzuka, só tem chance ao título do campeonato se os dois pilotos citados antes forem prejudicados e não pontuarem. (E, claro, com Juninho vencedor da etapa na Alemanha). Anderson é outro que pode ter chance ao título, mas é 90% impossível, com os outros 10% pertencentes a Deus e a sorte.



INTERVIEW:

WINNER - Fernando Xavier [Maxwell Motorsport], #21 Maxwell GT-R GT3

"Excelente corrida, finalmente uma largada decente, o carro estava muito bem acertado, tinha uma grande vantagem no primeiro setor, com isso conseguimos abrir uma boa vantagem pro AM, o resto foi só guiar até a vitoria!"

Segundo lugar - Julio Molchan [Molchan Motorsport], #23 Prodrive AMR Vantege V12
"Tivemos novamente uma excelente largada, pulando várias posições e deu pra manter um ritmo constante durante a corrida, mas o pace do GT-R estava bem superior. Nos minutos finais a estratégia era de duas paradas nos pits mas com o Wagner chegando, a única solução foi ficar na pista. Um bom aproveitamento, corrida rendeu aprendizado."

Terceiro lugar - Wagner Maurente [WOODONE BLUE], #57 WOODONE TOM'S RC F GT3
"Tirando o famoso errinho do início, a corrida foi sim bem legal, tive uma forte corrida de recuperação e por pouco não consigo capturar o Julio, então encerrando no terceiro lugar. Parabéns a todos mais uma vez, sempre demais correr."

GALERIA DA CORRIDA - CLIQUE AQUI


OFFICIAL QUALIFYING RESULT
08.09.18
SUMMER GTSTAGE STARS - Round 3Start - 20h10 (Brazil GMT)
Suzuka CircuitDuration - 40 minutes
Po.No.MachineDriverQualifyingTiresController Type
121Maxwell GT-R GT3Fernando Xavier1'59.322PirelliDualShock 4
257WOODONE TOM'S RC F GT3Wagner Maurente1'59.387MichelinDualShock 4
344SLS AMG AutoArena HTP MotorsportAnderson da Silva1'59.968PirelliLogitech G29
43NAG-R TOYOTA FT-One TS0T1Nick Nagano2'00.164BridgestoneDualShock 4
523Prodrive AMR Vantage V12Julio Molchan2'00.242MichelinDualShock 4
689Castrol Ralliart Evo GTGeovanne Ferreira2'00.436BridgestoneDualShock 4
714DP Cherry Blossom AMG GT3Thiago Prado2'00.474PirelliDualShock 4
831RCZ Pescarolo STR Gr.3Diego Gerpe2'01.019MichelinDualShock 4
991Porsche-RUF 911 ScarletbirdJordy Vaniel2'01.457YokohamaDualShock 4
1085Dream Store ViperGian Carvalho2'05.441BridgestoneDualShock 4
1158Jaguar MonsterSport F-Type Gr.3Antonio Felix2'06.836FirestoneDualShock 4


OFFICIAL RACE RESULT
08.09.18
SUMMER GTSTAGE STARS - Round 3Start - 21h10 (Brazil GMT)
Suzuka CircuitDuration - 50 minutes
Po.No.MachineDriverLapsTime/Diff.Best LapTYC-Type
121Maxwell GT-R GT3Fernando Xavier2550'35.9731'59.362PIDS4
223Prodrive AMR Vantage V12Julio Molchan2514.2322'00.165MIDS4
357WOODONE TOM'S RC F GT3Wagner Maurente2516.1271'59.305MIDS4
489Castrol Ralliart Evo GTGeovanne Ferreira2531.7081'59.986BGDS4
53NAG-R TOYOTA FT-One TS0T1Nick Nagano2538.7051'59.479BGDS4
644SLS AMG AutoArena HTP Motorsport Anderson da Silva251'02.1011'59.791PIG29
791Porsche-RUF 911 ScarletbirdJordy Vaniel241 Lap2'01.142YHDS4
831RCZ Pescarolo STR Gr.3Diego Gerpe241 Lap2'01.239MIDS4
985Dream Store ViperGian Carvalho223 Laps2'04.657BGDS4
DID NOT FINISH
1014DP CherryBlossom AMG GT3Thiago Prado214 Laps2'00.340PIDS4
DID NOT START
1158Jaguar MonsterSport F-Type Gr.3Antonio Felix-25 Laps-'--.---FIDS4

BLANCPAIN GTSTAGE SERIES - POINT RANKING
Po.No.TeamDriver & MachineRd.1Rd.2Rd.3Rd.4Total
121Maxwell MotorsportFernando Xavier /
Maxwell GT-R GT3
17172054
223Molchan MotorsportJulio Molchan /
Prodrive AMR Vantege V12
20151752
375Flatout TeamAlexandre Junior /
Corvette C7 Michelin GTE
152035
444AutoArena HTP MotorsportAnderson da Silva /
SLS AMG AutoArena HTP Motorsport
1212832
589G-TunedGeovanne Ferreira /
Castrol Ralliart Evo GT
881228
657WOODONE BlueWagner Maurente /
WOODONE TOM'S RC F GT3
101525
73Toyota Team NAG-RNick Nagano /
NAG-R Toyota FT-One TS0T1
611017
891Porsche RUF Team JordyJordy Vaniel /
Porsche-RUF 911 Scarletbird
46616
914T&P MotorsportThiago Prado /
Deutsche Post Petronas AMG GT3
10111
1031Pescarolo Sport (Powered by STR)Diego Gerpe /
RCZ Pescarolo STR Gr.3
1247
1188Petry MotorsportsPedro Petry /
Petry Motorsports BMW Z4 GT3
246
1285Oak MotorsportGian Carvalho /
Dream Store Viper
--22
1358Felix Racing TeanAntonio Felix /
Jaguar MonsterSport F-Type Gr.3
---0
1459Figueró Racing CrewMatheus Figueró /
Crowd Hitter Mustang Gr.3
-0
152Schvartz MotorsportsCleverton Schvartz /
Toyota Supra SRZ-T1
--0