30 de jun de 2014

SUPER GTS – Em batalha incrível pelo primeiro lugar, Geovanne Ferreira volta a vencer e dispara na classificação


No dia 28/06 às 21h30 (horário de Brasília), foi realizado o quarto round de 2014 da SUPER GTS, no circuito de Suzuka, sob o nome oficial de "2014 SUPER GTS Round4 SUZUKA GT 300km RACE". Os vencedores foram Junior Tavares (#82 LOVERZITO POWER HSV-010) na GT500, e Geovanne Ferreira (#89 LEXUS TOTALSPORT IS350) na GT300.

Grande corrida dos GT300. A largada começou com um susto de Pedro A. Petry, que não respirou nem um pouco e abandonou com seu #77 NoBreaks M3 GT2 ainda na volta de formação. O substituto de Lucas Furlan nesta race, Evandro Ferreira, que ultrapassou o limite de velocidade excessivamente após o Casio Trangle (chicanes), protagonizou o primeiro incidente da corrida. Pouco mais tarde, este feito seria convertido em punição, apesar do piloto reconhecer o erro. 

O pouco tempo liderando o pelotão da GT300, com o #5 FURLAN POWER IS350, Evandro entregou a primeira posição para Geovanne Ferreira, do outro Lexus, o #89 LEXUS TOTALSPORT IS350, e levou no vácuo Júlio Molchan, o "Aguri", que está de volta ao volante do #13 AGURI NAG-R GARAIYA depois de uma corrida ausente. Geo e Aguri são os verdadeiros protagonistas desta batalha incrível pelo primeiro lugar.


Houveram trocas de primeiro lugar por toda a corrida. Nem mesmo as paradas para troca de pneus foram suficientes para distanciar os dois. Enquanto Geovanne tinha os pneus mais gastos e muito peso em seu IS, Júlio, conservado, faz não só duas paradas tarde, como também economizou combustível. A perseguição dos dois continuou por toda a corrida. Tensão estendida até o último momento da corrida, mesmo com uma diferença considerável de apenas cinco segundos! 

Entre toda essa confusão veio Evandro, lá do fim, recuperado das últimas posições, conseguiu se aproximar dos dois primeiros, mas já era tarde e o piloto ficou na terceira posição. Apesar da punição inicial, o piloto têm entre os pilotos o título informal de "Rookie of the year", por ser estreante não só no campeonato, como também no grupo. Seja bem-vindo a melhor casa granturismica do Brasil, Evandro!

A quarta posição foi salva pelo #12 Cooper 12 RX-7 de Maciel Claudino, saturado depois de duas corridas insatisfatórias, o piloto demonstrou força e durante a parada dos líderes chegou a galgar a segunda posição. Apesar de não ter gostado do desempenho, é mais um que considera esta a melhor corrida da história do grupo. Seguido por Gian Carvalho (#85 Oak GoPro Gathers Mégane), em uma grande batalha pelo sexto lugar com Rafael Pereira (#32 GoPro GARAIYA) e posteriormente o quinto com Carlos Marrasca (#7 DINOCO RX-7). Com a desclassificação de Marrasca (o DINOCO RX-7 correu com turbo), Gian herdou a quinta posição e Rafael a sexta nesta corrida incrivelmente árdua também para eles.


Vitória sensacional e Geovanne Ferreira e da F&C TOTALSPORT RACING na GT300, que fizeram o piloto disparar na classificação de pilotos com 44 pontos! E um desempenho impecável de Júlio Molchan, que ainda tem chances de vencer e igualar o resultado da FURLAN PERFORMANCE RACING (vitória nas duas classes). Evandro Ferreira não tem chances no campeonato, mas fez uma ótima estreia e já se familiarizou com o modo de corrida da GTS! Como "prêmio" pelo seu bom desempenho foi dado-lhe o terceiro lugar e também escreve o seu nome na história.

Geovanne Ferreira / #89 LEXUS TOTALSPORT IS350, vencedor na GT300 – "Corrida monstro hoje, sabia que ia ser difícil mas não tanto, fui confiante porque gosto muuito de Suzuka, acabei tendo trabalho pra caramba, briga desde o início com o Garaiya do Julio que era muito mais constante e voava nas curvas, lastro me atrapalhou demais. No meio da corrida Evandro começou tirar tempo demais e fiquei preocupado, além dos GT500 que interviram na minha briga com o Julio, nos passavam, e erravam logo na nossa frente, isso fez o Evandro descontar um bom gap. Lá pro fim da corrida ainda consegui dar uma escapadinha de novo mas consegui manter, foi fácil não 70kg foi empecilho demais."

Júlio Molchan / #13 AGURI NAG-R GARAIYA, segundo lugar na GT300 – "Não gostei muito da corrida, o setup estava excelente, mas não consegui extrair pra tirar diferença no Geo. Única coisa que salvou foram as boas disputas com ele."

Evandro Ferreira / #5 FURLAN POWER IS350, terceiro lugar na GT300 – "Primeiro quero parabenizar a GTS e organizadores pelo ótimo evento. Show de bola!!! Falando da corrida, na primeira volta não consegui concentrar legal parecia que não tinha o carro na mão e na freada forte antes de entrar na reta dos box perdi o ponto e escapei feio e perdi muito o contato com o Geovanne Ferreira. Fora isso minha corrida foi muito boa e gratificante, uma briga boa com o Gian Carvalho e seu Mégane voador... Foram umas 5 voltas. Eu tentando ultrapassa-lo, pegava o vácuo, tirava para passar mas seu carro sem asa não deixava. E no miolo eu encostava novamente. Bela briga. Quando a corrida estava já na volta 38 consegui finalmente avistar o Geovanne e o Julio Molchan, mas já vinha dando o máximo de mim e forçando demais os pneus. Eles estavam de pneus novos e eu já estava com 7/7 na frente... Não teve mais como chegar. O negócio foi só manter a posição. Quero agradecer ao Junior Tavares e Lucas Furlan pela oportunidade de participar dessa corridassa!! E espero ter ajudado a equipe FURLAN PERFORMANCE RACING no campeonato!!! E parabéns JR pela vitória. Foi massa véy!

CLASSIFICAÇÃO DOS PILOTOS
CLASSIFICAÇÃO DAS EQUIPES

Um agradecimento a todos os pilotos pelos comentários pós-corrida. É prazeroso ver que a corrida agradou a todos e é com muito prazer que organizamos esse campeonato pra oferecer tamanha diversão como vimos neste quarto round. A GTStage e os administradores estão orgulhosos do evento e do campeonato!

Nenhum comentário:

Postar um comentário