5 de jul de 2014

SUPER GTS – FURLAN PERFORMANCE RACING resume Qualifying de Apricot com dobradinha


Foi realizado nesta sexta-feira, às 21h20, a primeira sessão de qualifying do SUPER GTS em Apricot Hill, sob o horário de 12h00 (no jogo), onde os autores das Pole Positions foram Junior Tavares (#82 LOVERZITO POWER HSV-010/GT500) e Lucas Furlan (#5 FURLAN POWER IS350/GT300).

A sessão começou com o #14 Cooper 14 GT-R de Thiago Prado entrando primeiro, mas não foi capaz de fazer um bom tempo de primeira e logo foi superado pelo monopólio dos Honda HSV-010: Junior Tavares (#82 LOVERZITO POWER), Nick Nagano (#3 NAG-R) e Gabriel Vieira (#27 Scallop SteelSeries). Os quatro pilotos foram os únicos participantes da GT500 no Q1.

Uma vez que Thiago Prado conseguiu fazer pelo menos 1'14.123, já era tarde demais e a cada volta o trio dos HSV baixava cada vez mais. No entanto, Nick Nagano conseguiu pendurar a volta mais rápida por mais tempo, mas, faltando duas voltas para acabar a sessão, mas logo foi superado por JR. Gabriel não foi além de 1'13.349, encerrando a primeira sessão de treinos.

Na segunda sessão a noite, sem muitas surpresas – os Honda HSV continuaram o monopólio e nada mudou. Apesar de Gabriel Vieira ter pendurado 1'12.990 por mais de 20 minutos e superando seu tempo feito na sessão de dia, já garantia uma terceira colocação e foi superado depois por JR com 1'12.794.

Nick Nagano também conseguiu superar o rival patrocinado pela empresa de equipamentos gamer SteelSeries. O japodeis marcou 1'12.967 no Q2 e continua firme na segunda posição. Thiago Prado não conseguiu voltar para a sessão e acabou ficando com o tempo obtido no Q1.

Otto Wilson reaparece depois do desastre que teve de aturar em Suzuka. O #99 TOTALSPORT NISMO GT-R foi classificado na quarta posição com o tempo de 1'13.778, bem abaixo do trio da Honda. Anderson da Silva também se classificou e vai largar na sexta posição da turma que fez tempo classificatório.


Depois de ceder seu lugar para Evandro Ferreira no Round4, Lucas Furlan está de volta e quer também se aproximar o quanto antes de Geovanne Ferreira na disputa pelo título na GT300. Visto que o mito não pontuou em Suzuka, que o deixou numa diferença gritante de 12 pontos para Geo. O #5 FURLAN POWER IS350 foi classificado no Q1 em primeiro com o tempo de 1'17.672 e 1'17.352 no Q2 – as únicas médias abaixo de 1min18segs obtidas no qualifying.

Abaixo dele, ficou registrado a grande surpresa desta classe: Maciel Claudino classificou-se em segundo ainda no Q1 com 1'18.527, desbancando gigantes como o próprio Geo, que não foi além de 1'19.227 na primeira sessão (e seu melhor tempo com o #89 LEXUS TOTALSPOSRT IS350 líder do ranking) e Júlio Molchan (#13 AGURI NAG-R GARAIYA), com altos 1'18.929 obtidos no Q2.

Gian Carvalho e seu Mégane #85 também fizeram tempo alto no Q1, mas na sessão a noite abaixou pra 1'19.498, ainda ficando na quinta posição. Rafael Pereira, que teve uma performance desfavorável com seu #32 GoPro GARAIYA em Suzuka, também foi mau e não larga acima da sexta posição (com a melhor volta de 1'20.293). No entanto, este último aposta na economia de pneus, similar à outro piloto da GT500. Pedro A. Petry também não foi feliz e não correspondeu as expectativas com seu #77 NoBreaks M3 GT2 e fechou as sessões em último e com os piores tempos possíveis.

Jiffy Betha (#28 JiffySpeed NISSAN Z), Gilberto Junior (#9 NoBreaks Z) e Carlos Marrasca (#7 DINOCO RX-7) não compareceram ao qualifying, mas somente Marrasca não vai correr. Para seu lugar está sendo contatado Rafael Junio, que se comparecer, larga na última posição da GT300.

Nenhum comentário:

Postar um comentário