23 de set de 2013

FIA GT - Segunda temporada (2013)

Em 2013, foi realizada a segunda temporada do FIA GT Championship (também conhecida como FIA GT - Second season ou FIA GT 2nd Edition). O FIA GT é um campeonato multi-marcas, cujo é claramente baseado na categoria real, a FIA GT (hoje, FIA GT Series), sendo a primeira temporada da série hosteada pela GTStage (por isso útil o artigo da primeira temporada), através do jogo Gran Turismo 5. É o último temporada do campeonato a ser alimentada pelo Gran Turismo 5, pois, a partir de 2014, as atividades online se concentrarão apenas no Gran Turismo 6.

Com um formato completamente diferente da primeira temporada, dois carros disseram adeus ao campeonato, por exemplo, o Ford GT não foi mantido e a BMW  que na temporada anterior participara como convidada  não teve sua M3 homologada para a temporada seguinte. O regulamento sofreu drásticas alterações que determinaram o desempenho dos carros durante toda a temporada. O resultado, foi a admissão de carros com 550cv e 1400kg de peso mínimo, em prol do equilíbrio que a primeira temporada não viu.

Todos os outros carros da temporada anterior continuaram no certame. Entretanto, houveram algumas mudanças em relação ao passado e uma delas foi a admissão de uma equipe própria dos pilotos – ao invés de disputarem o campeonato por marcas , isso influenciou na mudança de alguns pilotos da temporada para outra, por exemplo: Lucas Furlan, que na primeira edição pilotou pela Ferrari, nesta faz participação com a Mercedes-Benz SLS AMG da AMG Black Seagull Team, e Geovanne Ferreira (que era parceiro de equipe do Lucas) se transferiu para a Vodafone McLaren-Mercedes Racing, que alinhava as MP4-12C.


Além disso, o calendário também sofreu uma drástica modificação: o que antes era duas etapas seguidas em um dia, tornou-se apenas uma corrida na semana, mas com o dobro de duração. Foram seis corridas, durando um mês e cinco dias.


Calendário


Equipes e pilotos



Vencedores



Ranking

Sistema de pontuação

Pilotos

*Ricardo Carvalho foi excluído do campeonato após ter ignorado as duas primeiras etapas.
*Léo Silva foi piloto convidado para Laguna Seca, mas após a exclusão de Ricardo Carvalho, tornou-se piloto fixo do campeonato pela RF Motorsports.

Equipes

Nenhum comentário:

Postar um comentário